quarta-feira, 8 de junho de 2011

O MEDO DO MENINO ( José Elias)

QUE BARULHO ESTRANHO,
VEM LÁ DE FORA,
VEM LÁ DE DENTRO?!!!!!....

QUE BARULHO MEDONHO
NO FORRO,
NO PORÃO,
NA COZINHA
OU NA DESPENSA?!...

SERÁ FANTASMA?
OU ALMA PENADA?
SERÁ BICHO FURIOSO
OU BARULINHO DE NADA?

E O MENINO OLHA
NA ESCURA ESCADA
E NÃO VÊ NADA.
E OLHA NA VIDRAÇA
E UMA SOMBRA O AMEAÇA.

QUEM SE ESCONDE?
ESCONDE ONDE?

E O MENINO ENCOLHE,
FICA TODO ENROLADINHO.
E SE EMBRULHA NAS COBERTAS,
ENFIA A CABEÇA NO
TRAVESSEIRO, DEVAGARINHO,
SEM SEGREDO,
VEM O SONO
E SOME O MEDO.                                                

1-     LEIA O TEXTO COM ATENÇÃO.
2-     ILUSTRE O QUE IMAGINOU LENDO-O.
3-     CIRCULE O TÍTULO DO TEXTO.
4-     SUBLINHE O NOME DO AUTOR DO TEXTO.
5-     VOCÊ OBSERVOU A EXISTÊNCIA DE SINAIS DE PONTUAÇÃO NO TEXTO? ANOTE QUAIS FORAM: ______________
6-     RETIRE DO TEXTO AS PALAVRAS QUE TENHAM  O SOM NH._______________________________________________________________________
7-     AGORA ESCREVE AS PALAVRAS QUE TENHAM O SOM LH. __________________________________________________________________________
8-     E VOCÊ, TEM MEDO DE QUÊ?________________________________
9-     COMO FOI QUE O MEDO DO MENINO SUMIU?___________________________________________________________________
10- ESCREVA FRASES COM AS PALAVRAS:
  • FANTASMA:_____________________________________________________
  • PORÃO:_________________________________________________________
11- DITADO CIRCULADO
12- A PALAVRA UVA ESTÁ NA PALVRA LUVA. ESCREVA À FRENTE DE CADA PALAVRA AS OUTRAS QUE VOCÊ ACHAR:

FIVELA ____________________
SAPATO___________________
SERPENTE_________________
BRINCADEIRA_____________
CALÇA____________________
SOLDADO_________________
ALMOFADA_______________
MAMÃO__________________
CASACO__________________
BUSCAPÉ_________________
TOMATE_________________
ESCOLA__________________
CABELO__________________
ARMÁRIO________________
PORTARIA_______________
NOVIDADE_______________
QUENTE_________________
AMOR___________________

13- LIGUE AS PALAVRAS QUE RIMAM:

SOA                                             ENGANA
SOMA                                         DAÍ
SOOU                                          GURIA
SAÍ                                               ATOA
SOU                                             TOMA
SABIA                                         DANÇOU
SAPATO                                      VOOU
SEMENTE                                   LAGARTO
SUBIA                                         MARIA
SEMANA                                    DOENTE

2 comentários:

  1. este poema me faz recordar um clássico de Cecília Meirelles, tac, tac, tac... que a professora nos passou quando ainda estudava na terceira série primária...

    ResponderExcluir
  2. Que legal, fico feliz que esteja acompanhando meu blog e gostado dele. E pelo jeito tenho provocado momentos de nostalgia....
    Posso lhe perguntar quem é vc, Dominus Informações?
    Abraço
    Adri

    ResponderExcluir